top of page

Eleitores de municípios do Ceará, de Goiás e de São Paulo voltam às urnas neste domingo (3)

g1


Eleitoras e eleitores dos municípios de Ubarana (SP), Itupeva (SP), Bom Jardim de Goiás (GO) e Alto Santo (CE) voltarão às urnas neste domingo (3). As três primeiras localidades vão eleger novos prefeitos e vice-prefeitos. Já o município cearense escolherá novos vereadores. As votações acontecerão das 8h às 17h.

Concorrem a prefeito e vice-prefeito de Ubarana (SP), respectivamente, candidatos de duas coligações: Delei (Solidariedade) e Nei (PP), pela coligação Com União e Determinação, Umburana Vai Avançar (Solidariedade/PP/União); e Kiko (Republicanos), com Rael (MDB) como vice, pela coligação Unidos Pela Igualdade (Republicanos/MDB/PL).

Já em Itupeva (SP), concorrem na eleição majoritária candidatos de quatro chapas: Jota Júnior (Solidariedade) e Val Pavan (Solidariedade); Lucas Fumacinha (Republicanos) e Paulo da Ambulância (Republicanos); Mustafá (PSD) e Kleberson (PL), pela coligação Itupeva Não Pode Parar (PDT/Pode/PL/PSB/PSD); e Rogério Cavalin (MDB) e Isaque Messias (MDB).

E, no município goiano de Bom Jardim de Goiás, os candidatos a prefeito e vice são os seguintes: Baré (PSDB) e Marcin do Pit Dog (PSD), pela coligação Nosso Futuro É A Gente Que Faz (PSDB/Cidadania/PSD); e Willian Gregório (União) e Zezinho do Dé (MDB), pela coligação Coragem Para Fazer (União/MDB/PDT).


Escolha de novos vereadores


Nas eleições de Alto Santo (CE), eleitoras e eleitores escolherão entre 33 candidatos, que disputam as 11 vagas para vereador na Câmara Municipal. A realização do novo pleito foi confirmada, por unanimidade, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Plenário da Corte também definiu, por maioria, que a renovação alcançará todas as cadeiras para o cargo. Consulte os candidatos no DivulgaCandContas.

Em 2022, a Justiça Eleitoral cassou o mandato de sete parlamentares do Partido Social Democrático (PSD) e do Partido Democrático Trabalhista (PDT) por fraude à cota de gênero mediante o lançamento de candidaturas femininas fictícias nas Eleições 2020. A medida resultou na anulação de mais da metade dos votos válidos para o cargo na cidade, correspondendo a 57,21% do total, e na determinação, pelo TRE, de novas eleições. Diante disso, o Partido dos Trabalhadores (PT) apresentou pedido de liminar para suspender o pleito, sob o argumento de que a anulação atingiu vereadores eleitos em 2020 pela legenda.

5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page