top of page

Dona da cafeteria em Goiânia se pronuncia após cuspir em motorista de aplicativo

Ogando afirma que se arrependeu não só agora, mas logo ao sair do carro, e que está passando por um momento turbulento.


Mais Goiás



Giovana Ogando, dona da cafeteria Evoé, em Goiânia, pronunciou-se após viralizar o vídeo em que ela aparece cuspindo em um motorista de Uber com quem ela se desentendeu. “Foi uma situação infeliz, terrível, de provocação mútua, na qual eu perdi a razão. Foi uma troca de violências recíprocas, mas eu sinto muito ter feito isso”.


Ogando afirma que se arrependeu não só agora, mas logo ao sair do carro, e que está passando por um momento turbulento.


“O que acontece entre duas pessoas que se desentendem muitas vezes tem mais a ver com o que as pessoas viveram antes daquilo. Tenho certeza que ele também devia estar vivendo um dia muito difícil pra ter tido aquela atitude grosseira”, disse Giovana. “E eu estava passando por situações muito vulneráveis”.


Na gravação, feita pelo próprio profissional, Giovana Ogando ainda xinga e grita com o motorista.


Tudo aconteceu após um desentendimento em relação ao pagamento da viagem. Ao dizer que não iria realizar a corrida para receber o pagamento posteriormente, o motorista de aplicativo pede para a empresária descer do carro.


“O senhor é um grande filha da put* né”, diz Giovana. “Filha da put* é você”, responde o profissional. É nesse momento que a dona do Evoé cospe no homem. Enquanto ela desce do veículo o motorista revida e cospe de volta.


“Que que isso, você tá doido? Tá louco? Desgraçado, vai embora daqui filho da put*. Isso, notifica, grosseiro, bruto”, diz Giovana já fora do carro.


O vídeo viralizou no TikTok e no X (Twitter), com diversos internautas criticando a atitude da dona do Evoé. Grande parte dos comentários aponta a contradição da empresária, que na web tenta passar o perfil de “good vibes”.

60 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page