top of page

Diretor de meio ambiente de prefeitura é espancado com capacete e barra de ferro por trio no meio da rua

Segundo a polícia, quatro homens foram presos suspeitos do crime. Imagens mostram quando João Fernando Vieira Filho é espancado.



G1-Goiás

João Fernando Vieira Filho, diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de Petrolina de Goiás, foi espancado com golpes de capacete e barra de ferro — Foto: Reprodução/Redes Sociais




O diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de Petrolina de Goiás, João Fernando Vieira Filho, foi espancado com golpes de capacete e barra de ferro, na madrugada de sexta-feira (29), no meio de rua. O momento foi registrado por câmeras de segurança. A Polícia Militar (PM) prendeu quatro suspeitos pelo crime


No vídeo, dois homens em uma motocicleta se aproximam da vítima, um deles desce rapidamente e entra em briga corporal com João. Logo o segundo suspeito também desce da moto, tira o capacete que estava usando e golpeia a vítima com este. Outros dois homens se aproximam a pé, e um deles se junta à briga.


A vítima fica no meio do trio, enquanto leva socos e golpes de capacete, conforme mostra o vídeo. João é derrubado e os três o socam, chutam, e batem com o capacete e uma barra de ferro. Mesmo com a vítima imóvel, os suspeitos continuam batendo por mais de um minuto. O último suspeito observa a cena da esquina.


João Fernando Vieira Filho foi encontrado por pessoas que passaram pelo local, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e transferido para Goiânia.


Todos os homens deixam o local após a agressão. A PM localizou os quatro envolvidos, sendo dois em flagrante. O celular de João foi encontrado com um deles.


Mensagens de apoio


A irmã da vítima, Laura Fernandes, publicou nas redes sociais que ele está “evoluindo muito bem”. Ela descreve fraturas e hematomas pelo crânio, face e mão. Segundo ela, a “tomografia de crânio foi avaliada pelo neurocirurgião e não houve necessidade de cirurgia”.


“Contamos com as orações de vocês”, finaliza.O prefeito de Petrolina de Goiás, Tiago Pacheco, também atualizou sobre o estado de João, dizendo que ele “abriu os olhos”. “Continuaremos com as orações. Deus está cuidando de tudo!”, disse em publicação nas redes sociais.


Já a prefeitura pediu orações ao colaborador. “Que a justiça dos homens encontre todos os culpados e envolvidos nesse crime bárbaro. Força, João, são os votos de todos seus amigos e companheiros de trabalho”, diz a nota.

273 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page