top of page

Dez times da Série A terão técnicos estrangeiros no início de 2023

Em janeiro, os estaduais terão início e 10 times já contam com técnicos estrangeiros para a campanha inicial


Metrópoles

Foto - Ricardo Moreira/Getty Images


Com o início da temporada do futebol brasileiro se aproximando, os times estão se preparando e buscando ajuda de longe para realizarem uma boa campanha em 2023. Em janeiro, os estaduais terão início e 10 times já contam com técnicos estrangeiros para a campanha inicial.


O país que tem o maior domínio de treinadores no país é Portugal. Desses 10 times, sete contam com treinadores portugueses. Dois argentinos e um uruguaio completam a lista. Se o Brasileirão já tivesse início em janeiro, metade dos times do campeonato contariam com técnicos estrangeiros.


Quatro dos 10 times contam com os mesmos treinadores da temporada de 2022: o português Luís Castro, que comanda o Botafogo, o argentino Juan Vojvoda, que está no Fortaleza, o português Abel Ferreira, do Palmeiras, e agora o uruguaio Paulo Pezzolano, que subiu com o Cruzeiro para a Série A.


Dois deles trocaram de time: o português Vitor Pereira saiu do Corinthians e assumirá o Flamengo em janeiro. O outro técnico que trocou de time foi António Oliveira, também português que trocou o Cuiabá pelo Coritiba.

Os outros quatro nomes são: o argentino Eduardo Coudet, que assumiu o Atlético-MG; o português Renato Paiva, que irá comandar o Bahia; o português Pedro Caixinha, novo comandante do Bragantino; e Ivo Vieira, treinador do Cuiabá no início da temporada de 2023.


3 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page