top of page

Cruzeiro tem multa por Thiago Carpini e prolonga busca por técnico


Globo Esporte


O Cruzeiro viu um terceiro nome aparecer como candidato ao cargo de treinador em 2024 e ser o alvo da vez: Thiago Carpini. Sem conseguir ainda avanço com Fernando Gago e ver Diego Milito mais distante, a gestão de Ronaldo Fenômeno ainda não apresentou proposta, até o momento, ao técnico do Juventude, também alvo do Santos. A busca pelo técnico da próxima temporada se prolonga.

Thiago Carpini virou a terceira opção do Cruzeiro. Treinador do Juventude e que conseguiu acesso à Série A do Brasileiro, Carpini tem vínculo com o clube gaúcho até o fim de 2024. Nos bastidores, o Juventude sinalizou que não abre mão da multa contratual, que gira em torno de R$ 1 milhão, e manteve confiança na permanência.

Segundo apuração do ge, Carpini teve uma reunião virtual com Paulo André, braço direito de Ronaldo no Cruzeiro e Valladolid, na quarta-feira. Faz parte dos trâmites do processo seletivo da gestão da SAF. Ao mesmo tempo, era nome praticamente certo para comandar o Santos em 2024, mas a chegada do Cruzeiro mudou o cenário, e o acerto com o Peixe ficou mais distante.

Até o fim da noite desta quarta, ainda não havia proposta oficial pelo treinador do Juventude. Com isso, o time mineiro prolonga a busca pelo novo técnico, chegando ao sétimo dia de entrevistas e negociações com o objetivo de acertar o novo comandante para se concentrar exclusivamente na montagem do elenco.

A reapresentação do time será na primeira semana de janeiro, assim faltando três semanas basicamente para o retorno de atividade. A busca pelo treinador é vista com urgência no Cruzeiro.

Thiago Carpini teve o nome cogitado no time mineiro, em agosto, com a saída de Pepa. Entretanto, o Juventude conseguiu manter o treinador, acertou uma renovação de contrato e aumentou a multa. O time gaúcho pretende repetir a mesma cartilha.

O atual treinador do Juventude aparece como nome da nova geração de técnicos brasileiros. Ele comandou o time em 32 jogos na Série B, com 17 vitórias, 11 empates e quatro derrotas, conseguindo o acesso à Série A.

Carpini apareceu como possibilidade ao passo que a negociação com Fernando Gago não foi encerrada, mas o certo é que não houve acerto entre Cruzeiro e o argentino. A proposta apresentada foi considerada como “interessante” por pessoas próximas ao treinador. Havia expectativa pelo acerto.

4 visualizações0 comentário
bottom of page