top of page

Criança é vítima de agressão ao tentar defender mãe durante briga com o pai em Quirinópolis

Polícia investiga caso de violência doméstica; pai alega alergia a leite como causa das marcas




Olha Goiás




Em Quirinópolis, no sudoeste de Goiás, uma criança foi agredida pelo próprio pai enquanto tentava proteger a mãe durante uma briga, conforme relatado pela Polícia Militar. O caso está sendo minuciosamente investigado pela Polícia Civil.


Em depoimento à polícia, o homem argumentou que as marcas no corpo da criança eram resultado de uma alergia ao leite não especificado. No entanto, ele não forneceu detalhes sobre onde o filho teria ingerido o suposto leite desencadeador da reação alérgica.


A denúncia surgiu na última sexta-feira (2), quando uma professora da escola do menino observou os hematomas e acionou o Conselho Tutelar, que prontamente informou as autoridades policiais.


De acordo com o relato da criança à polícia, o pai teria ameaçado a mãe com uma faca, levando o filho a intervir usando um chinelo. A reação do homem foi violenta, agredindo o menino com chinelo, pedaço de pau e um tipo de "cipó".


Após a descoberta dos hematomas, o menino foi encaminhado a uma unidade de saúde pela escola. Os médicos constataram que as marcas eram compatíveis com casos de maus-tratos.


Apesar das evidências físicas, a delegada Camila de Araújo, responsável pela investigação, esclareceu nesta segunda-feira (5) que o caso ainda não está sendo tratado como agressão, pois o pai nega as acusações.


A polícia aguarda o laudo pericial para esclarecer as circunstâncias das lesões e verificar se há fundamento na alegação de alergia à proteína do leite de vaca.

6 visualizações0 comentário
bottom of page