top of page

Criança é agredida e tem mão queimada pela própria mãe em Rio Verde

Denúncias levam à descoberta de agressões físicas e psicológicas a dois irmãos, de 10 e 12 anos, por parte da mãe e sua companheira no bairro Serra Dourada


Olha Goiás


Nesta segunda-feira (7), a equipe do programa Ronda Policial da Rádio Líder 95 FM foi alertada por múltiplas denúncias acerca de um incidente grave envolvendo agressão a uma criança no bairro Serra Dourada, na cidade de Rio Verde.


De acordo com as informações, a mãe do menor o teria agredido e queimado sua mão após ele usar algumas moedas de coleção para comprar doces.


Ao serem informados sobre dois menores sendo vítimas de agressão, os membros do Conselho Tutelar foram acionados e compareceram a uma residência na mencionada localidade. Ao chegarem ao local, depararam-se com crianças de 10 e 12 anos, ambas em situação delicada.


Em conversa com a genitora das crianças, ela relatou que o filho mais velho vinha demonstrando comportamento desobediente e rebelde nos últimos dias. Na data do ocorrido (7), o menor foi questionado sobre algumas moedas de coleção que haviam desaparecido. A criança admitiu tê-las pego e gastado o dinheiro em doces.


De acordo com o depoimento da criança, após chegar da escola, ela iniciou a limpeza da casa e foi questionada pela mãe sobre as moedas desaparecidas. O menor alegou que não sabia que se tratava de uma coleção. Consequentemente, a mãe arrancou uma ripa da cama e começou a golpear violentamente as mãos e pernas do filho, resultando em diversas lesões.

Em seguida, a mulher deixou o quarto e foi até à sala, onde questionou a outra criança sobre o incidente. Nesse intervalo, a companheira da mulher segurou o menino mais velho no quarto e desferiu diversos tapas na região da cabeça e pescoço, causando mais ferimentos.

Ao retornar ao quarto, a mãe armou-se com uma faca e ameaçou o filho mais velho, sendo impedida pela parceira de levar adiante as intenções de violência. A criança, já com várias lesões, fugiu para fora da residência, mas foi alcançada pela mãe, que o trouxe de volta para o interior da casa.


Em um ato de extrema violência, a mãe pegou uma colher aquecida no fogo, que já havia deixado preparada, e pressionou a palma da mão do menino, causando queimaduras graves.

Numa sequência aterradora, a mulher ainda irritada, agarrou novamente a faca e avançou em direção ao filho, ameaçando amputar as mãos do menor. A intervenção da parceira foi novamente crucial para conter a situação, dissipando a agressividade da mulher.


Com informações do Jornal Somos*

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page