top of page

Cota do PIS/Pasep: veja como sacar o dinheiro 'esquecido'; prazo termina hoje

De acordo com a instituição, mais de 10 milhões de pessoas têm valores a receber. Tem direito ao benefício quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 1988.


G1-Goiás


Mais de 10 milhões de trabalhadores com carteira assinada de 1971 a 1988 ainda podem sacar o dinheiro considerado "esquecido" nas cotas do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). O prazo para o saque do dinheiro termina neste sábado (5).


Segundo a Caixa Econômica Federal, apenas R$ 745 milhões do total foram resgatados até 30 de junho, totalizando 513 mil pagamentos feitos pelo banco.

Se o saque não for realizado no período, o dinheiro irá para Tesouro Nacional e a transferência deve ser feita até o dia 20 de agosto. Há, no entanto, prazo de até 5 anos para requerer o valor de volta, mas os procedimentos para a solicitação ainda não foram divulgados.


A cota é diferente do abono salarial do PIS/Pasep, pago mensalmente aos trabalhadores que se enquadram nas regras. O valor médio das cotas é de R$ 2,3 mil, mas o saldo individual de cada um vai depender de quanto tempo a pessoa trabalhou no período e qual era o salário naquele momento.


O saque das cotas pode ser feito totalmente online, pelo aplicativo do FGTS, sem que seja necessário ir até uma agência da Caixa. A consulta para saber se tem direito também é feita no app. Herdeiros poderão sacar os valores, mas terão de apresentar documentos que provem o direito de receber a cota.


27 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page