top of page

Corinthians é condenado pela Fifa a pagar R$ 40,4 milhões a Rojas

Clube vai recorrer em última instância à Corte Arbitral do Esporte



GE

Matías Rojas em ação na estreia pelo Corinthians, contra o América-MG, em julho — Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians



A Fifa condenou o Corinthians a pagar R$ 40,4 milhões ao meia Matías Rojas, que rescindiu contrato com o clube no começo deste ano alegando atraso nos direitos de imagem (compõem parte dos salários dos jogadores). O paraguaio joga atualmente pelo Inter Miami, dos Estados Unidos.


A decisão foi tomada pelo tribunal da entidade máxima do futebol nesta quinta-feira. O Corinthians informou que irá recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS na sigla em inglês), última instância para casos do tipo. Os processos neste tribunal levam, em média, mais de ano até serem julgados.


O valor da indenização determinada pela Fifa corresponde ao que Rojas tinha a receber até o fim do vínculo dele com o Timão, que ia até junho de 2027.


O pedido de indenização de Rojas foi feito em dólares, mas a condenação foi dada em reais. As partes têm até dez dias para solicitar a fundação da decisão da Fifa.


A entidade poderia ter punido o Corinthians com "transfer ban", a proibição de registro de novos jogadores, mas não fez isso neste primeiro momento. O clube só receberá tal pena caso não pague os R$ 40,4 milhões a Rojas em 45 dias nem recorra ao CAS. Se isso acontecer, o Timão ficará impedido de contratar atletas por três janelas ou até a quitação da dívida.

7 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page