top of page

Copa do Mundo Feminina no Brasil em 2027 seria a primeira realizada na América do Sul

Globo Esporte


O Brasil está na disputa para sediar a próxima Copa do Mundo feminina, que vai acontecer em meados de 2027. Muitos pontos positivos são considerados trunfos a favor da candidatura brasileira, tais como a experiência com a Copa do Mundo masculina disputada aqui, em 2014, e a estrutura com as novas arenas. Esta seria a primeira Copa do Mundo feminina na América do Sul. O especialista em marketing esportivo, Fábio Wolff, destaca a importância da competição ser realizada no país.

- Caso o Brasil conquiste o direito de realizar a Copa do Mundo de 2027, a modalidade receberá uma atenção ainda maior da mídia. Muitas empresas começarão a realizar investimentos no futebol feminino, e aquelas que já investem devem aumentar os seus recursos. Teremos uma atenção especial por parte do Governo. Será um período de avanço acelerado da modalidade no país.

Ivan Martinho, professor de marketing esportivo pela ESPM, acredita que a candidatura brasileira é uma das favoritas.

- Receber uma Copa do Mundo da FIFA depois de 13 anos, já contando com o know-how de uma grande operação, estrutura de estádios que precisará de poucas adaptações e rede hoteleira adequada, pode ser uma ótima aposta caso os custos sejam bem geridos e os aspectos de retorno para o país e cidades-sede bem metrificados para que possam ser atingidos. Também vale reiterar a importância e rota de crescimento do futebol e esporte feminino no Brasil. Os concorrentes pela vaga são fortes e acredito que o hype do futebol nos EUA, que terá acabado de sediar a versão masculina do torneio em 2026, colocam a candidatura conjunta com México como favorita.

O Brasil vai concorrer com outras três potências: as candidaturas conjuntas de México e Estados Unidos, pela Concacaf, e de Alemanha, Bélgica e Holanda, pela Uefa, além da África do Sul. A definição da próxima sede só será decidida em maio de 2024, e quem vota são os membros das 211 federações que integram a Fifa. Os projetos dos países postulantes precisam ser entregues até 8 de dezembro deste ano.

3 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page