top of page

Conheça Patrick de Lucca, um dos primeiros reforços do Vasco para 2023

Globo Esporte

Patrick em atuação com a camisa do Bahia — Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia


Dos três reforços acertados com o Vasco até o momento, Patrick de Lucca talvez seja o menos badalado. O volante, de 22 anos, chega após duas temporadas e meia no Bahia como uma das primeiras contratações da SAF do clube carioca.

Patrick estava em fim de contrato com o Bahia e chega sem custos ao Vasco. O clube baiano chegou a abrir negociações de renovação, mas as conversas não foram adiante. Apesar de novo e de ter aparecido no cenário nacional em Salvador, ele foi formado no Palmeiras, clube que defendeu até a categoria sub-20, mas não chegou a jogar como profissional.

Seu início em São Paulo foi como zagueiro, mas no Bahia ele se tornou volante. Patrick, na teoria, chega para ser uma das opções para substituir Yuri Lara, que recebeu proposta do futebol japonês e não deve permanecer em São Januário. Eles têm características semelhantes. Patrick é um jogador de desconstrução, marca bem, tem boa saída de bola, mas pouco poder ofensivo.

Patrick chegou ao Bahia em 2020 para reforçar o sub-20, mas logo foi lançado no time profissional pelo então técnico Dado Cavalcanti. Ele se destacou e, a partir daí, ganhou espaço. Seguiu em alta em 2021, quando foi campeão da Copa do Nordeste, eleito a revelação da competição e teve o contrato renovado.

- Patrick teve início excepcional na Série A de 2020, sob o comando de Dado Cavalcanti. Vindo da base, estreou num jogo contra o Atlético-MG por conta de desfalques, atuou como líbero e teve desempenho destacado, tanto que acabou aquela temporada como titular. Em 2021 seguiu em boa fase, titular na campanha que terminou com título da Copa do Nordeste. Depois disso começou a oscilar junto com o elenco, que acabou rebaixado – relata, Pedro Thomé, editor-chefe do ge na Bahia.

A campanha do rebaixamento veio acompanhada de atuações irregulares e das primeiras críticas. Antes tratado como revelação, Patrick passou a ser questionado por parte da torcida do Bahia.

- Em 2022, Patrick seguiu como jogador útil. Foi titular em 46 dos 59 jogos do Bahia na temporada, mas acabou desgastado por alguns equívocos, como no escanteio que resultou no gol de empate contra o Londrina. Processo natural na maturação. É um jogador que tem bom passe, dá qualidade na saída de bola e compõe bem a marcação. Por outro lado, recebe críticas pela falta de apoio ofensivo. É um jogador de 22 anos que fez apenas duas temporadas como profissional e que tem boa margem de crescimento – concluiu o jornalista Pedro Thomé.

Gabrielle Gomes, produtora e repórter do ge na Bahia, acompanhou de perto a passagem de Patrick de Lucca pelo clube baiano. Ela relata que o volante teve momentos bons e ruins, foi assediado por clubes do Brasil e do exterior em determinado momento, mas fechou 2022 e baixa com o torcedor tricolor.

- Patrick é um jogador de 22 anos que viveu altos e baixos durante sua passagem pelo Bahia, com poucos momentos bons e importantes. Chegou a ter uma temporada em alta e foi campeão da Copa do Nordeste pelo clube e eleito a revelação da competição. No mesmo ano, renovou contrato até o fim de 2022. Acabou rebaixado com o Bahia e disputou a Série B. Neste ano, o presidente Guilherme Bellintani disse que recebeu propostas da Série A e do exterior pelo jogador. Durante a competição, o volante chegou a ser vaiado pela torcida, após falhar na origem do gol do Vila Nova. Torcida esta, que sempre teve relação de atrito com o volante – disse Gabrielle.

Patrick ainda não foi anunciado oficialmente pelo Vasco, mas já tem acordo. Além dele, o clube acertou as contratações de Júnior Urso e Pedro Raul, mas nenhum deles foi anunciado oficialmente ainda.

5 visualizações0 comentário
bottom of page