top of page

Cruzeiro mantém apenas dois contratos assinados antes da SAF

Globo Esporte



Pouco mais de dois anos depois de assumir o Cruzeiro, a SAF de Ronaldo Fenômeno praticamente não possui mais vínculos com jogadores que tiveram os contratos feitos por administrações anteriores. As exceções são os meias Claudinho e Henrique Rodrigues. Em 2022, todos os profissionais tiveram os contratos transferidos da associação para a SAF.

Claudinho está emprestado ao Confiança até o final da Série C deste ano e tem vínculo com o Cruzeiro até 2025. Ele chegou ao clube em 2020, na gestão de Sérgio Santos Rodrigues e não foi aproveitado em nenhum momento desde a chegada da equipe de Ronaldo Fenômeno.

Henrique Rodrigues está no Cruzeiro desde os 14 anos, e a última renovação do contrato profissional foi em 2021, também sob presidência de Sérgio Rodrigues. O meia tem contrato até o final de 2024, estourou a idade do Sub-20 e terá o futuro definido. Vem treinando na pré-temporada com Larcamón.

Há outros jogadores do elenco profissional contratados antes da chegada da SAF, mas os vínculos atuais foram feitos pela gestão da SAF, através de renovações. São os casos dos zagueiros Ruan Santos e Weverton, do lateral esquerdo Kaiki, do meia Japa, e dos atacantes Robert e Stênio, todos formados na base e inseridos ao profissional.

É também o caso que envolve o meia Daniel Jr. O jogador chegou à base do Cruzeiro antes da transformação em SAF e, no ano de 2022, renovou o vínculo até o final de 2025, após um imbróglio com a diretoria. Atualmente, está cedido por empréstimo ao Akhmat Grozny, da Rússia.

A redução do número de contratos feitos pela antiga gestão se deu em função do mercado neste final de 2023, com a negociação de Bruno José ao futebol do Japão e a rescisão antecipada de Vitor Leque, agora jogador do Joinville.

No dia 31 de dezembro, também terminou o contrato de João Paulo. O meia foi contratado pela associação, mas passou por uma readequação contratual quando a SAF assumiu o clube, em janeiro de 2022.

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page