top of page

Com queda de até 10 graus nas mínimas, 8 capitais devem ter menor temperatura do ano nesta semana

Estados do Sul podem ter geada nos próximos dias. Sudeste e Centro-Oeste também devem registrar queda nas temperaturas.




G1

Frente fria chega e derruba temperaturas em vários estados



Com o primeiro frio mais intenso de 2024, ao menos oito capitais devem registrar a menor temperatura do ano nos próximos dias. De acordo com a Climatempo, os efeitos da frente fria devem começar a ser sentidos a partir desta quarta-feira (17) no Sul e vai se estender para o Sudeste e Centro-Oeste ao longo da semana.


🌡️❄️ Mesmo com a expectativa de frio moderado, a massa de ar mais gelado deve gerar recorde de baixas temperaturas para o ano nas seguintes capitais:


  • Porto Alegre

  • Florianópolis

  • Curitiba

  • São Paulo

  • Rio de Janeiro

  • Belo Horizonte

  • Vitória

  • Campo Grande


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Curitiba, por exemplo, os termômetros devem registrar mínimas de 10°C. Nos últimos dias, as mínimas vinham ficando na casa dos 17°C.


Em Porto Alegre, onde os termômetros chegaram a marcar 23°C de mínima na terça (16), a queda pode ser de mais de 10 graus. Já em São Paulo, as mínimas devem ficar em torno dos 15°C, cinco graus mais baixas do que nos dias anteriores.


Há previsão de geada na região Sul, principalmente nas áreas mais elevadas da serra do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do sul do Paraná. O fenômeno deve acontecer na quinta (18) e sexta (19).


Nova frente fria


A frente fria responsável pela queda nas temperaturas nos próximos dias se formou na terça-feira (16) entre o Brasil, o Uruguai e a Argentina. Segundo a Climatempo, o sistema está associado a um ciclone extratropical e já provocou muita chuva na região Sul.


Até a madrugada de quarta (17), a frente fria avança em direção ao Sudeste. De acordo com a meterologista Maria Clara Sassaki, no estado de São Paulo, a quarta será chuvosa, com risco de transtornos no litoral – consequência do grande acumulado de chuva em um curto período de tempo.


Já no Rio de Janeiro, a chuva começa no período da noite de quarta (17). A previsão é de queda nas temperaturas e o frio deve durar até o fim da semana.


Apesar de contribuir para a manutenção das baixas temperaturas, o ciclone não deve avançar para o Brasil, ficando próximo à costa da Argentina. O ar frio não deve se dissipar e fica posicionado entre o Paraguai e a região Sul.




81 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page