top of page

Com empate, Atlético-MG amplia invencibilidade na Libertadores

Globo Esporte


O Atlético-MG empatou em 1 a 1 contra o Millonarios, em Bogotá, para manter boas esperanças de classificação na Copa Libertadores e aumentar a série de invencibilidade como visitante na competição. Agora, são 14 jogos sem perder fora de casa no torneio, igualando a segunda melhor marca da história do torneio, que pertence ao Flamengo.

O clube rubro-negro, que perdeu de virada o clássico com o Fluminense no Campeonato Carioca, ainda não entrou em campo na Libertadores de 2023. O Flamengo e o Galo só estão atrás do Palmeiras, com 20 jogos, mas a série do Verdão foi finalizada ano passado, ao perder na semifinal para o Athletico-PR.

A última derrota do Atlético como visitante na Libertadores foi em 10 de abril de 2019, quando perdeu para o Cerro Porteño, no Paraguai, por 4 a 1, na penúltima rodada da fase de grupos. Aquele resultado custou o cargo do técnico Levir Culpi. De lá para cá, o Galo foi eliminado pelo Palmeiras em 2021 e em 2022, empatando em 0 a 0 duas vezes no Allianz Parque.

São quatro empates seguidos do Galo em viagens na Libertadores: diante do Emelec, nas oitavas de 2022, em 1 a 1, depois 0 a 0 que culminou na saída na disputa de pênaltis contra o Verdão, 0 a 0 contra o Carabobo, e o placar mais recente no El Campín.

O Atlético também está invicto na atual temporada, com sete vitórias e quatro empates no trabalho de Eduardo Coudet. O jogo de volta contra o Millonarios será na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em um Mineirão com cerca de 15 mil lugares bloqueados - montagem de palco para show no outro sábado. Qualquer vitória dá a vaga ao Atlético.

Antes, o Galo visita o Athletic-MG, em São João del-Rei, pela ida da semifinal do Campeonato Mineiro, no domingo. A delegação alvinegra chega em BH na manhã de quinta-feira, já com treino regenerativo.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page