top of page

COD apreende 200 mil cigarros contrabandeados em Palmeiras de Goiás

Ação policial também culmina em prisões e apreensões em diversas cidades do estado



Olha Goiás




O Comando de Operações de Divisas (COD) da Polícia Militar de Goiás desencadeou uma operação que resultou na apreensão de um carregamento significativo de cerca de 200 mil cigarros contrabandeados do Paraguai. A carga, destinada à cidade de Trindade, na região metropolitana de Goiânia, estava oculta em duas residências utilizadas como depósitos, de acordo com informações da corporação.


A ação teve início com a abordagem de um veículo na GO-050, entre as cidades de Palmeiras e Trindade. Após diligências, as autoridades localizaram o carregamento ilícito de cigarros contrabandeados. Além da apreensão expressiva, dois suspeitos envolvidos na comercialização dos produtos foram presos, causando um prejuízo estimado em R$ 100 mil para a criminalidade. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Goiânia para os procedimentos legais.


Outras operações e resultados


Nas últimas 24 horas, a Polícia Militar de Goiás registrou 38 prisões em flagrante e a recaptura de 10 foragidos da Justiça. A atuação policial resultou, ainda, na apreensão de sete armas de fogo, incluindo revólveres calibre 32, uma pistola calibre 9mm e uma espingarda calibre 22, além de 29 munições.


Em uma ação conjunta entre o Batalhão Rural e o 4° BPMRv/CPR, um indivíduo foi preso em flagrante ao transportar aproximadamente meio quilo de maconha em um veículo de transporte de passageiros por aplicativo, no município de Ipameri. Além da prisão, foram apreendidos meio quilo da substância ilícita e dois aparelhos celulares.


O Comando de Operações de Divisas, em colaboração com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizou a apreensão de uma carga de pneus contrabandeados do Paraguai. Durante a fiscalização de um veículo tipo cegonha, foram encontrados 30 pneus. O material apreendido foi encaminhado à Receita Federal.


Combate a crimes ambientais


Diversas equipes policiais atuaram no combate a crimes ambientais em diferentes regiões do estado. Em Goianápolis e Terezópolis de Goiás, após receber informações sobre supostos maus-tratos a animais, foram abordados indivíduos portando armas de fogo.


Em uma segunda abordagem, um segundo suspeito foi detido com armas de fogo, munições e pássaros da fauna brasileira mantidos em cativeiro. Todos os envolvidos, armas e animais, foram encaminhados à delegacia para as providências legais.


Já na zona rural de Formosa, a equipe do BPMAmbiental, durante fiscalização de denúncia de caça ilegal, deteve um indivíduo com duas armas de fogo, várias munições e aproximadamente 50 kg de carne de animais silvestres abatidos, incluindo paca, veado campeiro, caititu e queixada.


O envolvido foi conduzido à delegacia, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante nos termos da Lei 10.826/03, que trata das sanções penais e administrativas relacionadas a condutas lesivas ao meio ambiente.

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page