top of page

Clubes vão discutir nesta terça a diminuição no número de rebaixados no Brasileirão

Globo Esporte


Os 20 clubes da Série A vão discutir nesta terça-feira, durante o Conselho Técnico da edição 2023 do Campeonato Brasileiro, a possibilidade de reduzir de quatro para três o número de rebaixados. A ideia conta com a simpatia da maioria dos clubes, mas precisa ter o aval da CBF para ser incluída em regulamento.

A informação foi publicada primeiro pelo Uol e confirmada pelo ge com fontes dos clubes e da própria CBF.

Inicialmente, a ideia poderia gerar algum desconforto entre os clubes da Série B, que veriam reduzidas suas chances de acesso à primeira divisão. Mas os apoiadores da ideia citam que a mudança também poderia beneficiar a Segunda Divisão – desde que o número de clubes rebaixados para a Série C também seja reduzido de quatro para três. O mesmo deveria acontecer com a Série C para a Série D.

Quem defende o plano cita a estabilidade como principal atrativo. O Conselho Técnico da Série B ocorre nesta quarta-feira, um dia depois da Série A. Nos dias seguintes ocorrem os Conselhos Técnicos das Séries C e D.

Uma ideia que chegou a ser avaliada mas foi totalmente descartada é a de um playoff que defina um dos rebaixados e um dos clubes a subir, como ocorre na Inglaterra, por exemplo. A possibilidade de atos de violência como consequência de um jogo tão decisivo assim resultou no descarte da ideia.

O Conselho Técnico da Série A também deve votar o aumento no número de estrangeiros – dos atuais cinco para sete – e a punição esportiva, como perda de pontos, para casos de racismo.


"Ligas" topam


Segundo o ge apurou, os dois movimentos que pretendem criar uma liga para organizar o Campeonato Brasileiro (Libra e Liga Forte Futebol) concordam com a redução no número de rebaixados por temporada. Essa ideia está nas propostas que os dois grupos receberam de investidores interessados em comprar 20% da futura liga a partir de 2025.

Ou seja: a maioria dos clubes do futebol brasileiro, tanto da Série A quanto da Série B, em teoria já concorda com essa redução. A questão agora é saber qual será a posição da CBF após o Conselho Técnico. E se clubes vão mesmo querer antecipar algo que eles próprios já concordam para depois de 2025.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page