top of page

CBF quer sediar próxima edição da Copa do Mundo feminina no Rio

Em parceria com a Prefeitura do Rio e com a RCV, a CBF pretende trazer a Copa do Mundo e outros mundiais para a cidade carioca





O Brasil pode sediar uma nova Copa do Mundo de futebol. Dessa vez, entretanto, seria a vez das mulheres. É o que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quer fazer em 2027, quando acontece a próxima edição do torneio. As informações são do jornalista Raphael Zarko, do GE.


A intenção foi apresentada como parte de um estudo da entidade Rio Convention & Visitors Bureau (RCV), responsável por buscar negócio para a cidade carioca. A empresa privada fez o estudo em parceria com a prefeitura do Rio de Janeiro, que foi apresentado nesta terça-feira (31/1).


“Aqui temos listados eventos que podem acontecer em 2028, em 2030. Esse mapeamento é muito importante, muito relevante. Cada evento que conseguimos trazer significa dinheiro de exportação, capacitação em investimento para receber estes eventos”, explicou o presidente da RCV, Carlos Werneck, durante a apresentação.

Dentre os 73 eventos esportivos listados na exposição, a Copa do Mundo feminina aparece. A CBF já comunicou a Prefeitura do Rio e a RCV que tem interesse de organizar o torneio, assim como mundiais de futsal e de futebol de areia.


As manifestações para sediar o Mundial precisam ser enviadas à Fifa ainda no primeiro trimestre de 2023, para que a escolha seja feita e anunciada durante o próximo ano, mais provavelmente em julho. Além do Brasil, a Alemanha, Bélgica e Holanda já oficializaram suas candidaturas, de maneira conjunta.


O estudo também prevê candidaturas para eventos de atletismo, vôlei, basquete e outras modalidades. O projeto faz projeções até 2032.

6 visualizações0 comentário

Komentarai


bottom of page