top of page

CBF entregará proposta para Brasil sediar Copa Feminina de Futebol

Documento que embasa a candidatura do país será entregue nesta quinta-feira (7/12), em Zurique, na Suíça


Metrópoles



O Brasil será oficialmente candidato a sediar a Copa do Mundo Feminina, que será realizada em 2027. Representantes da candidatura vão até Zurique, na Suíça, na próxima quinta-feira (7/12), para entregar o livro de propostas daqueles que desejam receber a competição. A decisão só será revelada durante o Congresso da Fifa, no dia 8 de maio do ano que vem, na Tailândia.


A entrega física do projeto é parte da formalização da candidatura, que começou a ser desenvolvida em maio. Valesca Araújo, responsável pelo planejamento de infraestrutura e operações do evento, Manuela Biz, consultora de Comunicação, e Luiza Iglesias, diretora de arte e criadora da marca e identidade visual da campanha, vão até a Suíça concluir o trâmite.


O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, comentou sobre a entrega do projeto e os objetivos de ser anfitrião de uma Copa do Mundo Feminina.


“Pelas mãos de três mulheres, estamos levando à Fifa uma proposta que reflete a vontade de estabelecer a Copa do Mundo Feminina da Fifa como plataforma de desenvolvimento do futebol feminino em todas as suas camadas, desde a formação de jovens atletas e gestoras até a materialização de políticas de proteção dos direitos da mulher, dentro e fora do campo”, afirmou Ednaldo.


Ele ainda destacou que a infraestrutura montada para a Copa de 2014 possibilita que o evento ocorra no país. Valesca Araújo, que cuida do planejamento ligado à infraestrutura, comentou sobre a realização do evento, que terá como cidades sede na proposta Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page