top of page

Caso Ariane Bárbara: amigos são condenados por matar jovem após a chamarem para lanchar

Raissa Nunes Borges e Jeferson Cavalcante Rodrigues foram condenados pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. O crime aconteceu em agosto de 2021.


G1-Goiás

Réus Raissa Nunes e Jeferson Cavalcante Rodrigues em júri da morte da jovem Ariane Bárbara, em Goiânia — Foto: Michel Gomes/g1


Os réus acusados de matar a jovem Ariane Bárbara Laureano de Oliveira foram condenados nesta terça-feira (29), em Goiânia. O crime aconteceu em agosto de 2021.


Ariane foi assassinada após sair para lanchar com os amigos. Raissa, uma das condenadas, matou a jovem com a intenção de descobrir se era psicopata.


Raissa Nunes Borges e Jeferson Cavalcante Rodrigues foram condenados pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. Ambos foram absolvidos do crime de corrupção de menor. O júri, que durou 14h, foi presidido pelo juiz Jesseir Coelho.

Raissa deve cumprir pena de 15 anos de reclusão e 10 dias multa. Já Jeferson, cumprirá 14 anos reclusão e 10 dias multa. Os condenados continuam presos durante o trânsito em julgado e cumprirão a pena no presídio Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia.


A defesa de Jeferson Cavalcante informou que deve recorrer da decisão e que achou a pena incompatível com a participação dele no crime. Já a defesa de Raissa Nunes, informou que também irá recorrer sobre o tempo da pena pois a condenada é ré confessa.

132 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page