top of page

Cantor de rap é preso suspeito de estuprar mulheres enquanto elas dormiam

Segundo a Polícia Civil, crimes foram cometidos nos anos de 2022 e 2023. Rapper foi indiciado pelo crime.


G1

Wilker Dias, preso por suspeita de estupro, em Formosa, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil



O cantor de rap Wilker de Souza Dias foi preso suspeito de estuprar mulheres enquanto elas dormiam, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, os crimes foram cometidos nos anos de 2022 e 2023.


Ainda segundo a Polícia Civil, ao ser interrogado no momento da prisão, o rapper permaneceu em silêncio.


O rapper foi preso na terça-feira (21). De acordo com a investigação, em novembro de 2023, uma das vítimas, uma jovem de 23 anos, contou à polícia que fez uma festa em sua residência e um conhecido levou Wilker até lá. Como dito em depoimento, ao se dirigir para o quarto no momento em que ia dormir, o rapper entrou e a violentou sexualmente, tocando as partes íntimas da vítima a força.


A vítima relatou ainda que, assustada, correu do local e gritou por seu namorado. Wilker teria fugido quando percebeu que parentes da vítima e pessoas próximas começaram a persegui-lo.


O cantor já tinha registro na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) pelo mesmo crime , denunciado por outra vítima, em 2022. Na denúncia, outra jovem, de 23 anos, alega que, enquanto dormia na casa do avô, acordou durante a madrugada com toques em suas partes íntimas e, ao abrir os olhos, viu que era Wilker que estava de baixo da cama.


Por conta das denúncias recorrentes, a Deam pediu pela prisão preventiva do rapper. O suspeito foi preso após a Justiça acatar o pedido.


Wilker foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. O delegado responsável pelo caso autorizou a divulgação da imagem do suspeito, para que assim, possa ajudar a encontrar outras possíveis vítimas.

17 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page