top of page

Canoa naufraga e deixa uma mulher morta em lago de São Simão, diz bombeiro

Corporação informou que duas famílias estavam na embarcação. Segundo bombeiro, a canoa voltava de uma ilha quando houve um temporal, que provocou o acidente.


G1-Goiás

Bombeiros resgatam tripulantes que se feriram em acidente com embarcação em Quirinópolis, Goiás — Foto: Divulgação/Bombeiros



Uma canoa naufragou próximo a uma ilha do Lago Azul, em São Simão, e deixou uma mulher morta, segundo o batalhão dos bombeiros. O acidente aconteu na noite de sábado (4), quando a embarcação enfrentou um temporal e afundou. Cinco pessoas sobreviveram. Mãe e filha se feriram com queimaduras nas mãos e passam bem.


O tenente dos Bombeiros Abel César, que trabalhou no resgate, disse que todos os tripulantes usavam coletes salva-vidas, mas a mulher se afogou mesmo assim.


Na canoa estavam o barqueiro, um casal com uma filha adolescente e outro casal, totalizando seis pessoas. O grupo voltava de uma pousada que fica nessa ilha, onde foram passear.


Um temporal caiu quando eles estavam no lago e precisaram voltar para a ilha. Assim que a chuva passou, o grupo decidiu atravessar novamente, mas o temporal voltou no meio do caminho e afundou a canoa.


O grupo ficou de cinco horas na água até ser encontrado, de acordo com os bombeiros. Os cinco sobreviventes foram levados para o Hospital Municipal de São Simão para atendimento médico.


Naufrágio

No momento em que a canoa afundou, a mulher e a filha se agarraram a um tambor de gasolina e, por isso, tiveram queimaduras nas mãos, segundo o oficial dos bombeiros.


O canoeiro e o esposo dessa mulher acharam uma garrafa térmica para se apoiarem. Do outro casal, o homem ficou boiando e a esposa dele morreu.


Na madrugada, um morador foi ao local do naufrágio com barco próprio para ajudar no resgate e chamou o Corpo de Bombeiros.




19 visualizações0 comentário

留言


bottom of page