top of page

Caminhoneiro que fugiu após colisão com ônibus em Guapó é encontrado e conduzido à delegacia

Acidente deixou 16 pessoas feridas, quatro delas com gravidade



Mais Goiás

Foto: PRF



Um caminhoneiro que fugiu após colisão com ônibus com 22 passageiros, em Guapó, foi encontrado por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) depois de cerca de 5 horas do acidente que deixou 16 pessoas feridas, quatro delas com gravidade. Segundo registro da corporação, o homem foi detectado em um posto de combustíveis a cerca de 10 quilômetros do ponto onde houve o choque, na BR-153.


De acordo com o artigo 305 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), afastar-se do local do sinistro para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída pode gerar detenção de seis meses a um ano ou multa. A situação do condutor será analisada na Delegacia de Guapó, onde o motorista presta esclarecimentos.


Em suas alegações iniciais cedidas à PRF, o caminhoneiro afirmou ter sentido impacto na traseira. Porém, diz ter pensado ser um pneu que havia estourado. Segundo o motorista, ele parou o veículo após ter sido alertado sobre fogo no compartimento de carga, o qual transportava 60 mil litros de etanol do Sudeste goiano para Senador Canedo.


A corporação afirma que o tacógrafo do caminhão está em situação regular e que o motorista passou por teste do etilômetro e não está embriagado.


Feridos na BR-060


O acidente ocorreu por volta das 5h, depois que o coletivo saiu de Mineiros com direção a Goiânia. Ao todo, 16 passageiros ficaram feridos e precisaram ser transportados para hospitais de Goiânia e de cidades próximas por ambulâncias do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


De acordo com a PRF, o ônibus é equipado com câmeras e as imagens serão solicitadas para que a corporação apure as circunstâncias do acidente.

277 visualizações0 comentário

留言


bottom of page