top of page

Caiado faz sinal de reaproximação ao agro durante abertura da Tecnoshow, em Rio Verde

Caiado exaltou principalmente os números de produção de grãos, que saltou de 11 milhões de toneladas, para as atuais 30 mi


Mais Goiás

Caiado e comitiva na TecnoShow (Foto: Ascom - Divulgação)


Com discurso que exalta as potencialidades do agronegócio em Goiás, o governador Ronaldo Caiado (UB) participou, na manhã desta segunda-feira (27), da abertura do Tecnoshow, evento voltado para a área, tradicionalmente realizado em Rio Verde, na região Sudoeste do estado.


Na oportunidade, o governador fez sinal de reaproximação a empresários do agronegócio, que, em partes, se afastaram da gestão após anúncio da taxa do agro.


Caiado exaltou principalmente os números de produção de grãos, que saltou de 11 milhões de toneladas, registrado há 20 anos, para as atuais 30 milhões de toneladas, em Goiás. Além disso, apontou o aumento na produção geral do país, de 60 milhões para 300 milhões de toneladas.


Segundo ele, os números mostram não só a força do agronegócio, mas as potencialidades do setor para a Economia goiana e brasileira. Além disso, ressaltou que há investimentos do governo de Goiás para que haja a expansão em algumas áreas de fronteira, como o Vale do Araguaia e o Vão do Paranã, localizado no Nordeste goiano.


“Estamos avançando para que [o Vão do Paranã] seja uma das regiões mais produtivas do estado. A agricultura tem característica ímpar, deixa renda em cada município onde tem um produtor. Isso melhora a atividade econômica e garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, disse.


A confirmação do participação de Caiado ocorreu apesar das ameaças de protestos de produtores rurais da região por causa da criação da polêmica Taxa do Agro, além de desgastes com o setor.


No ano passado, apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) vaiaram o governador durante duas ocasiões em agenda em Rio Verde. O ex-presidente esteve no município para cerimônia de regularização fundiária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).


35 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page