top of page

Caçada a envolvidos em mega-assalto e ataque a quartel da PM em Mato Grosso chega ao 18º suspeito

Caçada aos criminosos que invadiram a cidade de Confresa acontece há mais de um mês


Mais Goiás

Foto: divulgação


Um suspeito de envolvimento no mega-assalto de Confresa (MT) morreu em confronto ontem à tarde em uma área de mata de Pium (TO), segundo a Polícia Militar. Agora, a caçada à quadrilha em fuga há mais de um mês tem cinco presos e 18 suspeitos mortos —17 deles já identificados.


O suspeito foi identificado com o auxílio de testemunhas e da foto de uma embarcação com a quadrilha no começo da fuga. Ele aparece na imagem com uma camisa do Flamengo.

Segundo a PM do Tocantins, a suspeita é de que o homem identificado fosse piloto da embarcação da quadrilha. Testemunhas informaram aos policiais que o suspeito estava carregando um saco e estava escondido em uma área de mata.


A corporação disse que, ao se aproximar do local, o suspeito teria atirado, dando início ao confronto. Com ele, os agentes apreenderam uma pistola.


Os policiais militares do Tocantins informaram que o suspeito foi levado ao hospital de Marianópolis (TO), mas não resistiu aos ferimentos. As buscas, que contam com a participação de cerca de 350 policiais de cinco estados, continuam por tempo indeterminado, segundo a PM.


“Ao longo da operação, além da pistola do último confronto, foram apreendidas 18 armas, dentre elas dois fuzis .50 e 11 AK-47, carregadores, milhares de munições, coletes balísticos, capacetes balísticos, materiais explosivos e detonadores, além de coturnos, luvas, joelheiras, cotoveleiras, balaclavas e mochilas”, disse a PM do Tocantins, em nota.

55 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page