top of page

Brasil perde em casa pela primeira vez na história das eliminatórias

Globo Esporte


O Brasil termina 2023 com mais uma marca negativa. Com a derrota por 1 a 0 para a Argentina na noite desta terça-feira no Maracanã, a Seleção perdeu um jogo em casa pela primeira vez na história das eliminatórias da Copa do Mundo (o país era o único da América do Sul que jamais havia perdido como mandante nas classificatórias para o Mundial). Ao fim da partida, a torcida protestou com gritos de "time sem vergonha", de "olé" para a troca de passes argentina e ofensas a Fernando Diniz.

Até hoje, foram 65 jogos como mandante em todas as eliminatórias sul-americanas. Nos 64 anteriores, o Brasil tinha 51 vitórias e 13 empates e feito 173 gols e sofrido só 29. E em apenas cinco partidas a Seleção não havia marcado: 0 a 0 com a Colômbia em 2004; 0 a 0 com a Argentina em 2008; 0 a 0 com a Bolívia em 2008; 0 a 0 com a Colômbia em 2008 e 0 a 0 com a Venezuela em 2009. Agora, entrou para a lista o 1 a 0 da Argentina em 2023. O levantamento é do Espião Estatístico do ge.

A primeira derrota em casa nas eliminatórias é mais um recorde negativo que a Seleção acumula sob o comando do técnico interino Fernando Diniz. Antes, o Brasil tinha perdido dois jogos seguidos das eliminatórias pela primeira vez e viu a Colômbia quebrar um tabu de nunca ter derrotado os brasileiros. Além disso, com o treinador já são seis gols sofridos em seis jogos, mais do que os cinco que a equipe dirigida por Tite levou em toda a eliminatória para a Copa de 2022.

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page