top of page

Brasil leva susto, mas bate Irã e vence a 4ª na Liga das Nações

Seleção brasileira perde segundo set, mas se recupera e garante mais uma triunfo na preparação para as Olimpíadas de Paris



GE

Brasil x Irã pela Liga das Nações — Foto: Reprodução/volleyballworld



Sem dificuldades, o Brasil passou pelo Irã, nesta quinta-feira, em jogo válido pela segunda etapa da Liga das Nações Masculina de Vôlei (VNL) 2024, em Fukuoka, no Japão. Os comandados de Bernardinho venceram por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 22/25, 25/16 e 25/23. Destaque para a excelente atuação de Alan Souza. O oposto atuou em grande nível e foi o maior pontuador da equipe com 20 pontos no jogo. O Brasil já está classificado para as Olimpíadas de Paris.


O Brasil tem um confronto difícil pela frente. A seleção enfrenta a Eslovênia, nesta madrugada de quinta para sexta, às 3h30. Os eslovenos são os únicos invictos na competição até o momento. Com o resultado, o Brasil pula para a quinta colocação com 12 pontos.


COMO FOI O JOGO


Desde os primeiros pontos do primeiro set, o Brasil mostrou que não teria muitas dificuldades para fechar a primeira parcial. O ataque brasileiro funcionou muito bem, principalmente com Isac e Alan, os maiores pontuadores no Brasil nesta primeira parte do jogo com quatro pontos cada um. Lucarelli e Lucão também atuaram em grande nível e marcaram três pontos cada. Apesar de não ter feito um ponto de bloqueio até então, a seleção não teve dificuldades para vencer por 25 a 19.


O segundo set foi marcado pela desatenção do Brasil. O saque, um dos principais fundamentos da seleção no primeiro set, passou a não funcionar. Com diversos erros de posicionamento, a seleção chegou a estar perdendo por 19 a 12. A seleção melhorou ao longo do set, mas não foi o suficiente para perder para o Irã por 25 a 22. Amin Esmaeilnezhad foi o grande destaque da seleção iraniana com seis pontos, sendo cinco de ataque e um de saque.


Mais atento, o Brasil voltou a atuar em grande nível no terceiro set. O saque voltou a fazer a diferença e Alan voltou a decidir novamente. O oposto anotou cinco pontos, sendo três de ataque e dois de bloqueio: 25 a 16 para o Brasil no set.


No quarto set, apesar da grande atuação da dupla Amin e Morteza, o Irã não conseguiu novamente fazer frente ao time brasileiro. Com Alan inspirado, o Brasil fechou em 25 a 23.


Retrospecto do Brasil


A Liga das Nações marca o retorno de Bernardinho ao comando técnico da seleção depois de sete anos. A campanha se iniciou com a derrota para Cuba, por 3 sets a 1, em jogo com muitos erros brasileiros e soberania dos cubanos. Depois, a equipe verde-amarela somou duas vitórias, respectivamente contra a Argentina (3x2), de virada, sob o embalo de Darlan, Lucarelli e Flávio, e a Sérvia (3x1), com uma atuação mais convincente da equipe.


Porém, no último jogo da primeira etapa, contra a Itália, o Brasil perdeu de virada por 3 sets a 2. Contra a Alemanha, seguiram os ajustes visando os Jogos Olímpicos e mais uma vitória. Desta vez por 3 sets a 0. O jogo de hoje contra o Irã confirmou a boa fase e preparação dos comandados de Bernardinho para as Olimpíadas de Paris.

7 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page