top of page

Borré perde chances, Inter trava e empata com Belgrano na estreia da Sul-Americana

Colorado ficou no 0 a 0 com o Pirata na noite desta terça no Mario Kempes em Córdoba pela primeira rodada do Grupo C



GE

Alan Patrick em Belgrano x Inter (Foto: Staff Images/Conmebol)



Belgrano e Inter ficaram no 0 a 0 na noite desta terça-feira no Mário Kempes. O Colorado até teve chances com Rafael Borré, mas o colombiano falhou. Uma delas, ainda no primeiro tempo, quando foi enganado pelo quique da bola e acabou travado.


Já no fim da partida, o camisa 19 cabeceou dentro da área em cima de Chicco. Os argentinos incomodaram com Passerini na etapa final, mas mandaram para fora. A resposta desejada pelos torcedores após o fracasso do Gauchão não veio e o time abre a Sul-Americana ainda em débito.


1º tempo


O Inter iniciou em cima do Belgrano. Aos 13, Chicco cortou errado e a bola sobrou para Borré que, dentro da área, não conseguiu dominar, acabou travado e perdeu a chance. Os visitantes seguiram no campo de ataque, mas sem conseguir encontrar espaço.


Troilo e Moreno afastavam por cima e por baixo. Borré fazia faltas para se livrar da marcação. O Belgrano, diga-se, também pouco incomodou. Passerini lutou contra a defesa, mas pouco arriscou, enquanto Suárez quase não tocou na bola. Rochet fez apenas intervenções e o jogo foi para o intervalo no 0 a 0.


2º tempo


O Belgrano, que não arriscou no primeiro tempo, em menos de um minuto da etapa final já tinha duas oportunidades. Passerini entortou Renê e perdeu chance clara. Na sequência, Barinaga recebeu de Reyna e chutou por cima do gol de Rochet.


Após o susto inicial, o Inter respondeu. Aos sete, Troilo errou, Borré saiu em velocidade, invadiu a área, mas, na hora do chute, mandou em cima de Chicco. O que poderia ser o momento de recuperar o domínio do jogo não se firmou.


O Inter continuou sem conseguir construir. O Belgrano, por sua vez, mostrava disposição nas divididas e avançava a marcação. Passerini incomodava o sistema defensivo, embora pouco arriscasse contra Rochet.


Já no fim da partida, aos 40, o Colorado teve a chance de sair com a vitória. Wesley cruzou para Borré, que cabeceou em cima de Chicco. Já nos acréscimos, Igor Gomes teve uma oportunidade, mas mandou para fora e a partida acabou da forma como começou.


Como fica?


Com o resultado, o Inter e Belgrano iniciam o Grupo C com um ponto cada.


Agenda


O Inter volta a campo no dia 10 de outubro, quando recebe o Real Tomayapo no Beira-Rio às 21h. O Belgrano mede forças com o Delfin em Manta, no equador, no dia 11. Cinco dias antes, no entanto, volta a atuar pela Copa de la Liga Argentina, quando enfrenta o Unión.

344 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page