top of page

Boca Juniors fecha a contratação do atacante Cavani

Globo Esporte


A novela sobre o futuro de Cavani está bem perto de ser encerrada. O Boca Juniors fechou a contratação do atacante uruguaio nesta sexta-feira, de acordo com diversos veículos internacionais, como o jornal "Olé" e o jornalista especializado em transferências Fabrizio Romano. Ele assinaria contrato até o fim de 2024.

Cavani, desta forma, seria o grande reforço do Boca Juniors para o mata-mata da Copa Libertadores. Para poder disputar a competição ainda este ano, o jogador teria que fechar com o clube justamente até o sábado, quando se encerram as inscrições para as fases restantes do torneio. O "Olé" diz que é difícil que o atacante já faça sua estreia diante do Nacional na próxima quarta-feira, mas pode estar presente na partida de volta das oitavas de final, uma semana depois.

O clube argentino vinha negociando para contratar Cavani há algumas semanas e se tornou o grande favorito para contar com os serviços do uruguaio nos últimos dias. O jogador de 36 anos tinha contrato com o Valencia por mais uma temporada, até o meio do ano que vem, mas pediu para deixar o clube espanhol pela pouca perspectiva de espaço na equipe titular. Ele vinha negociando para rescindir o vínculo.

Há um ano, o Boca também tentou a contratação de Cavani. Na época, o uruguaio tinha como prioridade permanecer na Europa e acabou assinando com o Valencia depois de deixar o Manchester United. Desta vez, porém, o atacante teria tomado a decisão de voltar à América do Sul e jogar a Libertadores pela primeira vez na carreira. Ele teria procurado o diretor Juan Román Riquelme para negociar, segundo o "Olé".

Cavani foi revelado pelo Danubio, do Uruguai, onde atuou apenas uma temporada como profissional, rumando para o Palermo em 2007, quando tinha apenas 20 anos. Na Itália, o centroavante explodiu para o mundo, principalmente depois de rumar para o Napoli. De lá, o uruguaio foi para o PSG, onde permaneceu por sete temporadas, sendo ídolo da torcida local. Cavani ainda jogou duas temporadas no United e mais uma no Valencia.

O Boca Juniors vai enfrentar o Nacional, do Uruguai, nas oitavas de final da Copa Libertadores e, caso avance até as semifinais, poderia cruzar com um clube brasileiro: Atlético-MG ou Palmeiras.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page