top of page

Bitello negocia renovação com o Grêmio, mas recebe assédio de clubes europeus e empresários

Meio-campista é um dos protagonistas do time ao lado de Suárez e foi procurado recentemente por outros times e agentes de atletas


Globo Esporte

Bitello em vitória do Grêmio sobre o ABC — Foto: Lucas Uebel/Grêmio


Com status de protagonista, Bitello, 23 anos, tem negociações em andamento para prorrogar o contrato com o Grêmio e ganhar uma valorização salarial. O meia, no entanto, tem recebido assédio de clubes europeus e até de outros empresários.


O jovem é o vice-artilheiro da equipe, com cinco gols, e soma três assistências. É um dos atletas com mais minutos em campo - participou de 17 dos 19 jogos no ano. Deslocado por Renato para atuar no lado direito, cresceu de produção e foi coroado com o prêmio de Craque do Gauchão.


O Grêmio combinou de conversar com Bitello depois do estadual para avaliar uma valorização. Na última semana, o empresário Marcelo Karan abriu tratativas com o clube para renegociar o contrato do jogador. A última renovação foi em maio de 2022. O atual vínculo vai até 2025.


A regularidade e o alto nível apresentado nos jogos tem chamado atenção e atraído olhares do mercado do futebol. Clubes europeus entraram em contato com o estafe do meia e também com o departamento de futebol gremista em busca de informações.


A procura por Bitello não se limita aos times da Europa. Agentes de atletas também têm entrado em contato com o camisa 39 com o desejo em representá-lo e agenciar sua carreira. O empresário de Douglas Costa é um dos interessados.


Em meio a esta situação, Bitello segue com o mesmo empresário, que tenta avançar nas negociações para concretizar a renovação de contrato.


A intenção do Grêmio é dar sequência a Bitello nestes primeiros meses de Série A. No Campeonato Brasileiro, com visibilidade maior, a expectativa é que o jogador se valorize cada vez mais. Em situação financeira difícil, é crucial para o clube vender jogadores na reabertura da janela, em julho.



15 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page