top of page

Berçário é interditado após crianças sofrerem queimaduras ao passar desinfetante veterinário

Local que abrigava 10 crianças funcionava de forma ilegal, em Rio Verde, de acordo com a polícia. Duas das três crianças internadas receberam alta, sendo que a terceira continua em estado grave.


G1-Goiás

Berçário funcionava de forma ilegal, em Rio Verde. — Foto: Reprodução/TV Anhanguera


O berçário onde três bebês de 2 anos sofreram queimaduras de segundo e terceiro grau após passarem desinfetante veterinário pelo corpo foi interditado pela Vigilância Sanitária na última segunda-feira (23), em Rio Verde, no sudoeste goiano.


Em nota, a prefeitura afirmou que o berçário funcionava de forma clandestina, visto que ficava em uma residência sem alvará de funcionamento e, por isso, Rosemary Tavares, que cuidava de cerca de 10 crianças, foi proibida de continuar exercendo o trabalho no local.


Anteriormente, a investigada havia afirmado que atuava de forma ilegal, sem alvara, mas por cuidar de poucas crianças. Ela também havia dito que desconhecia a origem do produto veterinário e que estava prestando apoio as famílias.


As crianças que eram cuidadas por ela foram encaminhadas para creches municipais pela prefeitura. Ao g1, a delegada Taisa Antonella explicou que a Polícia Civil (PC) trabalha para identificar se houve negligência por parte da dona da creche.


“A gente fez uma perícia de análise de crime para saber que tipo de produto tinha nessa escolinha. Um dos pais encaminhou uma roupa de uma das crianças, que também foi encaminhada à perícia. Estamos esperando para fazer um exame de corpo de delito na criança que está internada. A dona da escolinha foi intimada e deve ser ouvida ainda esta semana”, explicou.


Crianças recebem alta

Três crianças precisaram ser encaminhadas ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, após sofrerem reações químicas com o produto na última quarta-feira (18).


Duas delas já receberam alta, mas uma segue internada em estado grave, nesta terça-feira (24), respirando com ajuda de aparelhos, de acordo com a unidade de saúde.


10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page