top of page

Bebê morre após ter corpo queimado com água quente de café

Pequeno Joaquim Nunes de Oliveira, de apenas 10 meses, ficou uma semana internado. Pai diz que filho era muito alegre e brincalhão.


G1-Goiás

Joaquim Nunes de Oliveira, de apenas 10 meses — Foto: Arquivo Pessoal/Mauro Sérgio de Oliveira


O pequeno Joaquim Nunes de Oliveira, de apenas 10 meses, morreu uma semana após ter o corpo queimado por água quente, em Bela Vista de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. Ao g1, o pai dele, Mauro Sérgio de Oliveira, contou que uma chaleira caiu sobre a criança.


O acidente aconteceu no dia 29 de julho, em uma fazenda. Inicialmente, o Joaquim foi levado para o Hospital de Bela Vista de Goiás. Em seguida, foi transferido para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), onde morreu no domingo (6).


Segundo o pai do menino, a mãe dele estava preparando um café e, depois que a água ferveu, precisou ir ao banheiro. “Minha esposa está grávida, sentiu vontade de ir ao banheiro e deixou a chaleira no guarda-louça”, explica Oliveira. Neste momento, o Joaquim teria escalado o armário.


Ao tocar no cabo da chaleira, ela teria virado e caído sobre a criança. A mãe ouviu o grito do filho, saiu correndo e, ao ver o filho com o corpo queimado, pediu socorro para os funcionários da fazenda. Joaquim ficou internado por oito dias.


“O Joaquim era muito brincalhão, alegre e adorava dormir comigo quando eu chegava do trabalho. Quando a gente perde um filho não é fácil e nós estamos lutando. Eu estou me fazendo de forte para não ficar chorando, mas estou despedaçado”, lamenta o pai do pequeno.

70 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page