top of page

Bebê é encontrado abandonado em lote baldio em Senador Canedo

Câmera de segurança registrou quando mãe caminha com o filho no colo ao lado do pai e de outra criança por rua onde bebê foi abandonado. Pais foram presos.


G1-Goiás

Bombeiros militares segurando bebê resgatado em lote baldio em Senador Canedo, em Goiás. — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros



Um bebê de 8 meses foi encontrado em um lote baldio no Jardim de Todos os Santos, em Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia. Uma câmera de segurança registrou quando a mãe caminha com o filho no colo ao lado do pai e de outra criança pela rua onde o bebê foi abandonado.


Os bombeiros foram acionados por volta de 22h da última terca-feira (22), por pessoas que estavam em uma pizzaria próxima do local onde o menino foi abandonado. A criança foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada à Maternidade Aristina Cândida, sem ferimentos e aparentemente saudável.


Após receber os primeiros atendimentos, o menino foi entregue ao Conselho Tutelar do município, que vai ficar com a guarda da criança até que a Polícia Civil investigue o caso.


Segundo a Delegada do caso, Gabriela Moura, a mãe da criança foi localizada e disse em depoimento que foi abordada por três indivíduos, que lhe cobraram uma dívida de drogas e tomaram o filho como forma de obrigar a mulher a fazer o pagamento.


"Nós apuramos que a mãe e o pai são usuários de drogas, ela foi presa por abandono de incapaz e ele preso por violência doméstica. A criança tem um irmão de cinco anos e s dois estão com o Conselho Tutelar", explica. A investigadora reforça ainda que o casal foi encontrado em lugares diferentes.


Porém, câmeras de segurança de uma rua nas proximidades do local onde o bebê foi encontrado mostram os pais do bebê andando juntos. Nas imagens, a criança está nos braços da mãe e o pai leva um carrinho com o outro filho do casal, de 5 anos. Em um momento, o homem joga o carrinho contra a mulher.


Segundo a polícia, os suspeitos foram encontrados em locais distintos. A mãe do menino será investigada por abandono de incapaz e o pai por violência doméstica, pois no vídeo é possível ver que ele joga o carrinho contra a mulher. Os dois foram presos. O caso será investigado pela Delegacia da Mulher de Senador Canedo.


A guarda das crianças ficará com o Conselho Tutelar, que vai verificar se algum familiar tem condições de ficar com a guarda dos meninos.

32 visualizações0 comentário
bottom of page