top of page

Atlético-MG oficializa Felipão como novo técnico

Concorrente do Athletico-PR na Libertadores, Galo vê rival desmontar comissão técnica após contratar Scolari como substituto de Eduardo Coudet


GE



O Atlético-MG oficializou Luiz Felipe Scolari, de 74 anos, como novo treinador do time. Ele assume a vaga do argentino Eduardo Coudet. Pentacampeão mundial com a Seleção, Scolari comunicou ao Athletico-PR a saída, no início da tarde desta sexta-feira. O contrato com o Galo vai até dezembro de 2024. Ele é aguardado nos próximos dias em Belo Horizonte e trará o auxiliar Carlos Pracidelli.


A contratação de Luiz Felipe Scolari provocou um desmanche na comissão técnica do Athletico-PR, que dispensou o técnico Paulo Turra e o auxiliar técnico Carlos Pracidelli, também nesta sexta-feira. No anúncio oficial, o Galo citou o perfil agregador do técnico, além também da possibilidade de rápida adaptação, uma vez que trabalhou com diversos profissionais que hoje estão no Atlético.


- Treinador experiente e carismático, Felipão sempre conquistou o respeito e a admiração dos atletas e demais profissionais dos clubes em que trabalhou - diz trecho da nota divulgada pelo clube.


Galo e Furacão disputam o primeiro lugar do Grupo G da Libertadores. Os dois times entram em campo, no dia 27, decidindo que vai se classificar à próxima fase da competição como líder da chave. O Atlético vai enfrentar o Libertad, no Paraguai, enquanto o Athletico-PR recebe o Alianza Lima, em Curitiba.


Felipão não era o Plano A do Atlético. O clube mineiro tinha o português Bruno Lage como principal opção, mas o treinador, de 47 anos, optou por permanecer na Europa e estudar as propostas salariais mais vantajosas que recebeu da Espanha e da Arábia Saudita. A vinda para o Brasil foi descartada por ele e a família.


Com a recusa de Bruno Lage, o Galo voltou a observar o cenário nacional e agiu rápido. Felipão passou a ser a principal aposta. O treinador acumulou desgaste recente no Athletico-PR e decidiu buscar novos ares, aceitando voltar a treinar um time, mesmo após declarar que não pensava em comandar novamente uma equipe no país.



7 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page