top of page

Atlético-MG abre 2 x 0, mas Cruzeiro busca empate na final do Mineiro

O resultado deixou o Cruzeiro em vantagem na decisão do Estadual, precisando de um simples empate no confronto de volta




Metrópoles



Com dois tempos bem distintos, Atlético-MG e Cruzeiro empataram na tarde deste sábado (30/3), por 2 x 2, na Arena MRV, em Belo Horizonte, pelo confronto de ida da final do Campeonato Mineiro. O time mandante abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas cedeu a igualdade, com direito a gol do Cruzeiro aos 49 minutos do segundo tempo. Bruno Fuchs, Hulk, Jemerson (contra) e Dinenno marcaram os gols do clássico.


O resultado deixou o Cruzeiro em vantagem na decisão do Estadual, precisando de um simples empate no confronto de volta para ser campeão diante de sua torcida. Já o Atlético-MG terá que vencer por qualquer resultado. Os times se enfrentarão no dia 7 de abril, domingo, às 15h30, no Mineirão.


Além de amargar o empate após abrir 2 a 0 no primeiro tempo, o Atlético-MG segue sem conseguir vencer seu maior rival em sua nova Arena. Em três jogos, são duas vitórias do Cruzeiro e agora um empate.


Com bola rolando, o Atlético-MG envolveu o Cruzeiro e abriu boa vantagem no primeiro tempo. Logo aos 7 minutos, o zagueiro Bruno Fuchs encarou a marcação de Marlon, invadiu a área, deixou Romero para trás e finalizou rasteiro. A bola passou debaixo de Rafael e parou dentro do gol.


A vantagem animou ainda mais o Atlético, que sentiu o bom momento e ampliou aos 25. Guilherme Arana lançou Hulk do campo de defesa. O centroavante partiu em velocidade, driblou o goleiro Rafael e completou para as redes, marcando seu 101º gol pelo Atlético-MG.


No segundo tempo, o Cruzeiro voltou disposto a reduzir a vantagem do rival. Aos 3 minutos, Matheus Pereira dividiu bola dentro da área, Maurício Lemos chutou em cima de Jemerson e a bola parou dentro do próprio gol, recolocando o time celeste na partida.


Com o placar de 2 a 1, o Atlético-MG se viu pressionado pelo torcedor, enquanto o Cruzeiro apostou nos contra-ataques para assustar e quem sabe chegar ao empate. E saiu aos 49, quando João Marcelo cruzou da direita e Dinenno cabeceou para fazer 2 x 2, dando números finais ao confronto.



125 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page