top of page

Apostador e jogador acertaram pagamentos para derrota parcial do Goiânia no estadual deste ano

Globo Esporte


Documentos obtidos pelo ge indicam que pelo menos uma partida de futebol investigada pela Operação Penalidade Máxima foi manipulada por apostadores para assegurar a derrota de um dos times até o intervalo do jogo.

Trata-se de Goiás x Goiânia, disputado em 12 de fevereiro deste ano, pela décima rodada do Campeonato Goiano. Um dos envolvidos é o lateral-esquerdo Denner Barbosa, revelado pelo Corinthians e à época jogador do Operário-MT.

As mensagens apontam que o esquema de manipulação foi além de cartões amarelos e vermelhos, pênaltis ou escanteios. Neste caso, determinou o resultado parcial de uma partida.

Transcrições de conversas por aplicativos, depósitos bancários e comprovantes de apostas realizadas em sites mostram que o jogo foi armado para terminar com derrota parcial do Goiânia ao fim do primeiro tempo. O jogo acabou 2 a 0 para o Goiás, com os dois gols nos 45 minutos iniciais.

Na véspera da partida houve uma conversa por WhatsApp entre Bruno Lopez, apontado pelo Ministério Público de Goiás como o líder do esquema denunciado nesta semana, e o jogador Denner Barbosa, na ocasião atuando no Mato Grosso, mas com contatos no futebol goiano.

2 visualizações0 comentário
bottom of page