top of page

Aposta casada em cartões na Espanha e na Inglaterra iniciou investigação contra Lucas Paquetá

Globo Esporte


Investigado por violação das regras de apostas esportivas na Inglaterra, Lucas Paquetá viu ser travado o negócio que o levaria do West Ham ao Manchester City. A Federação Inglesa de Futebol (FA) apura uma denúncia que recebeu sobre uma aposta em um cartão amarelo do meia.

A investigação teve início a partir de um incomum volume de apostas casadas em dois jogos realizados no mesmo dia, um no Campeonato Inglês, outro no Campeonato Espanhol.

A aposta casada previa que Lucas Paquetá tomaria um cartão amarelo no jogo entre o West Ham e o Aston Villa, pela Premier League. E também que Luiz Henrique seria advertido com amarelo na partida entre Real Betis (seu time) e Villareal. Os dois jogadores tomaram os cartões amarelos.

As apostas foram feitas em Duque de Caxias (Baixada Fluminense) no site da Betway, casa que patrocina o West Ham e não é uma das populares no Brasil, em contas vinculadas a pessoas próximas a Paquetá e Luiz Henrique. Elas chamaram atenção por ser um modelo incomum.

Análise inicial mostrou que nesse dia várias contas novas foram criadas na Betway, com os usuários depositando o valor máximo permitido. Essas contas fizeram uma aposta casada para aumentar os ganhos: os autores só receberiam o dinheiro se Paquetá levasse amarelo contra o Aston Villa e se o atacante Luiz Henrique, do Betis, recebesse o cartão contra o Villarreal, no mesmo dia 12 de março.

O jogo na Inglaterra terminou empatada em 1 a 1 e Paquetá levou um amarelo no segundo tempo. A partida do Campeonato Espanhol também acabou empatada por 1 a 1. Luiz Henrique entrou aos 12 minutos do segundo tempo e levou o cartão aos 43.

Ao término das ligas, as autoridades fazem uma varredura em possíveis casos suspeitos. E Paquetá está sob investigação na Inglaterra. Na segunda-feira, ele irá à sede da FA para dar a sua versão do episódio.

Lucas Paquetá não vai se pronunciar publicamente sobre o episódio. Luiz Henrique foi procurado por meio de seu agente, que ainda não respondeu aos contatos. Procurados, Betis, West Ham e La Liga também não comentaram o assunto até a publicação.

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page