top of page

Após cassar deputado Fred Rodrigues, TRE marca nova totalização de votos em Goiás

Em discurso na Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira, deputado Fred Rodrigues criticou decisão do TSE de cassá-lo.




Mais Goiás

Deputado estadual Fred Rodrigues. que teve mandato cassado pelo TSE (Foto: Assembleia Legislativa)



O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) marcou a totalização de votos – para definir o parlamentar que assume no lugar do deputado estadual cassado, Fred Rodrigues (DC) – para 26 de dezembro, às 15h. A decisão é do desembargador Luiz Cláudio Veiga Braga, vice-presidente e corregedor regional eleitoral substituto.


Fred Rodrigues foi cassado de forma unânime pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em plenário virtual, na última semana. Ele foi condenado por causa da prestação de contas as eleições de 2020, quando disputou a Câmara de Goiânia. A expectativa é que Cristóvão Tormin (PRD) assuma. O político é responsável pelo recurso junto ao ex-deputado estadual e suplente Thiago Albernaz (MDB).


No pequeno expediente da sessão da Assembleia Legislativa (Alego) desta terça-feira (19), Fred condenou a cassação. “Em dois anos, passei de 740 votos, em Goiânia, para mais de 23 mil. No total do Estado, foram 42.784 mil goianos. Fui o oitavo deputado com mais votos. E, com essa decisão, todos esses votos foram ‘assassinados’”, afirmou.



Ainda segundo ele, “o que foi cometido pelo TSE foi uma injustiça não contra mim, mas contra toda a democracia. Se um mandato pode ser caçado em um plenário virtual, sem direito de defesa, o que mais é possível?”, questionou.


Na ocasião, o presidente da Alego, Bruno Peixoto (União Brasil), anunciou que Fred Rodrigues irá ocupar uma diretoria. Esta será no mesmo gabinete em que ocupa como parlamentar.

9 visualizações0 comentário
bottom of page