top of page

Antony é reintegrado pelo Manchester United em meio a acusações de agressão

Globo Esporte


O Manchester United anunciou, nesta sexta-feira, que Antony vai voltar aos treinos e estará disponível para ser relacionado pelo técnico Erik ten Hag para os próximos jogos. O atacante brasileiro passou quase três semanas afastado pelo clube inglês, devido às acusações de agressão contra a ex-namorada Gabriela Cavallin e outras duas mulheres.

- Desde que as alegações foram feitas pela primeira vez em junho, Antony tem cooperado com os inquéritos policiais tanto no Brasil quanto no Reino Unido e continua a fazê-lo. Como empregador de Antony, o Manchester United decidiu que ele voltará aos treinos em Carrington e estará disponível para seleção, enquanto as investigações policiais continuam. Como clube, condenamos atos de violência e abuso. Reconhecemos a importância de proteger todos os envolvidos nessa situação e reconhecemos o impacto que essas alegações têm sobre os sobreviventes de abusos - declarou o Manchester United em nota oficial.

Antony retornou à Inglaterra na última quarta-feira e, de acordo com a imprensa britânica, foi à polícia da Grande Manchester para entegar o próprio celular, com o intuito de ajudar nas investigações.

Antony estava no Brasil desde o início de setembro, quando chegou a ser convocado pelo técnico interino da Seleção, Fernando Diniz, para os primeiros jogos das eliminatórias da Copa do Mundo de 2026 e foi posteriormente retirado da lista.

Antony se manifestou em rede social negando ter cometido as agressões. Ele diz ser vítima de falsas acusações e se colocou à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos.

8 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page