top of page

Advogado acusado de falsificar documentos para tentar libertar Fuminho, braço direito de Marcola, é preso em Goiânia, diz PF

Augusto Casaro responde por formação de quadrilha, falsificação e uso de documento falso. Advogado inseriu documentos falsos no sistema informatizado do Tribunal de Justiça de São Paulo.


G1-Goiás

Advogado Augusto César Moraes Casaro, de 48 anos, foi preso em Goiânia, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Federal





O advogado Augusto César Moraes Casaro, de 48 anos, foi preso em Goiânia nesta segunda-feira (24), segundo a Polícia Federal. O homem é acusado de falsificar um habeas corpus para tentar libertar Gilberto Aparecido dos Santos, o "Fuminho" - um dos maiores traficantes de drogas do mundo e braço direito do líder de facção Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola.


O advogado foi preso no bairro Jardim Mariliza. De acordo com a Polícia Federal , o advogado inseriu documentos falsos no sistema informatizado do Tribunal de Justiça de São Paulo. Augusto Casaro estava foragido.


O advogado foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) por formação de quadrilha, falsificação e uso de documento falso.

17 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page