top of page

Advogado é indiciado por dirigir bêbado, atropelar e matar espanhol em Porangatu

Suspeito fugiu sem prestar socorro à vítima


Mais Goiás

Câmeras de segurança registram atropelamento, em Porangatu (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


Um advogado de 46 anos foi indiciado por atropelar e matar um espanhol, enquanto dirigia bêbado, na quarta-feira (26), em Porangatu, na região norte de Goiás. Léonardo Viano, de 49 anos, morreu no local do acidente. O caso ocorreu na madrugada do dia 27 de maio.


Luciano Santos, delegado que representa o caso, disse que o advogado estava embriagado e, após descer do carro, passou ao lado do corpo e viu que tinha atropelado Léonardo. Em seguida, quando saiu para ir embora, passou novamente em cima do corpo da vítima, que morreu no local.


De acordo com Santos, além de fugir e não prestar socorro a Léonardo, o advogado foi trabalhar como se nada tivesse acontecido. A Polícia Civil informou que o inquérito foi remetido ao Poder Judiciário.


Indiciado por homicídio culposo e fuga do local do crime, o jurista também foi autuado por omissão de socorro e embriaguez ao volante. O nome do suspeito não foi divulgado e, por isso, não foi possível localizar a defesa dele.


34 visualizações0 comentário
bottom of page