top of page

Abel Ferreira dá indícios de "fico" antes de reunião que pode selar futuro no Palmeiras

Globo Esporte


Abel Ferreira deu indícios de que deseja permanecer no Palmeiras, após a conquista do título brasileiro, na última quarta-feira. O martelo ainda não foi batido, contudo, pois ele terá que se reunir com a diretoria para fazer uma análise da próxima temporada e tratar de seu futuro.

Desde o discurso no vestiário, em que declarou que não iria se despedir de ninguém, à resposta de que "acha que fica", na premiação da Bola de Prata, os sinais dados pelo português na quinta-feira dão mais confiança de que ele cumprirá seu contrato até o fim de 2024.

Entre os jogadores, há a sensação também de que Abel e seus auxiliares vão ficar, porque o chefe não falou nem mesmo aos comandados de que irá embora. Os atletas, chamados pelo técnico de sua segunda família, entendem que ele teria dado algum indício e isso não ocorreu até agora.

Só que Abel se sente muito desgastado mentalmente depois de ganhar o nono título em três anos de trabalho no Brasil. O técnico colocou em dúvida se terá energia para liderar os jogadores em 2024, após conquistar o Brasileiro tendo de tirar uma desvantagem de 14 pontos para o Botafogo.

E no meio disto veio o interesse do Al-Sadd, do Catar. A equipe sinalizou com um contrato de dois anos e vencimentos que poderiam passar de R$ 100 milhões no período acumulado. O técnico, porém, respondeu após o título que sua decisão não será baseada em dinheiro.

– Nunca foi uma questão de dinheiro, senão tinha saído há dois ou três meses atrás. As cláusulas são para se cumprir. Mas também vos disse que estou cansado, são três anos seguidos, quanto mais ganhas, maior a exigência, mais te cobram, mais energia tenho que dar aos outros – disse o técnico, após a conquista do título.

Ana, sua esposa, e as duas filhas moram com Abel Ferreira no Brasil e demonstram interesse em permanecer no país. Ao receber o prêmio da Bola de Prata, na quinta-feira, o treinador se emocionou ao dizer que desta vez precisa pensar no que sua família deseja.

O Palmeiras até agora não foi comunicado por ele ou por seu empresário sobre uma negociação com o Al-Sadd. Como participa ativamente das discussões do planejamento de 2024, a diretoria entende que o técnico não deixaria o clube de surpresa, diante da relação que criou com todos.

– Vai ser uma surpresa para mim (se Abel anunciar a saída), porque temos contrato até dezembro de 2024, e percebo que ele está muito feliz no Palmeiras – disse a presidente Leila Pereira ao ge.

Ainda assim, a presidente está disposta a ouvir o que Abel Ferreira deseja. Ela não esconde que seu plano é renovar com o português até 2027, caso seja reeleita no fim do ano que vem.

Mas diante da sinalização de desgaste do técnico, o Verdão já entende que o principal é assegurá-lo para 2024 e se for de seu desejo ir embora na próxima temporada, começariam um processo de transição. Agora, embora alguns nomes já tenham sido ventilados no mercado, o clube não tem um plano definido caso seu comandante decida ir embora.

É por isso que o Palmeiras não descarta oferecer um aumento salarial para toda a comissão técnica para este último ano de vínculo. Um dos técnicos mais bem pagos do continente, Abel respondeu na quinta que tem um bom contrato, mas deseja ter "tempo para gastar seu dinheiro".

251 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page