top of page

21ª edição da Tecnoshow termina com arrecadação de 9,34 bilhões

A cidade de Rio Verde arrecadou R$ 80 milhões no comércio local



Olha Goiás



Mais um ano de Tecnoshow se encerra nesta sexta-feira. Foram 650 expositores e uma movimentação de R$ 9,34 bilhões em negócios fechados, de acordo com dados divulgados pelo presidente do Conselho Administrativo da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo), Antonio Chavaglia. 


“Falar em números, esse ano a preocupação era muito grande, porque passamos um ano de baixa liquidez pro produtor, mas como eu disse na abertura, cada momento é diferente um do outro. Tem gente que acha que a chuva atrapalhou aqui, mas ela beneficiou a feira por causa da safrinha”, explicou Chavaglia. 


“Isso é número real, e tem muitos negócios que começam aqui e terminam lá fora. Isso é o que aconteceu aqui! Os números são menores, porém o número de produtos foi maior. Nós não acreditávamos nesse número, porque esse momento tava atravessado, mas os empresários acreditaram mais do que eu”, disse o presidente. 


Durante os cinco dias, 135 mil pessoas passaram pelo Centro Tecnológico da Comigo (CTC), entre elas líderes de governo, estudantes e visitantes internacionais. Outros números da feira incluem 21 mil mudas nativas distribuídas gratuitamente para os visitantes e 115 mil toneladas de lixo reciclado. 


No ano que vem, a feira já tem data marcada, e vai acontecer de 7 a 11 de abril. 


Benefícios para Rio Verde


De acordo com dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Rio Verde, os lucros não foram só na feira, pois a Tecnoshow movimentou mais de R$ 80 milhões no comércio local, principalmente na rede hoteleira, com uma taxa de 100% de ocupação. 


As informações ainda indicam que a arrecadação municipal aumentou em média 8,5% e foram gerados 14 mil empregos diretos e indireto

23 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page