Mon, 26 de Oct de 2020

Ocupação de UTIs para covid-19 é crítica em Goiás e no Rio de Janeiro

Aumentou de 15 para 17 o número de Estados em que a taxa de ocupação de unidades de terapia intensiva para Covid-19 é considerada de alerta baixo

25/09/2020 18h04
Jornal Opção

Aumentou de 15 para 17 o número de Estados em que a taxa de ocupação de unidades de terapia intensiva para Covid-19 é considerada de alerta baixo (menor que 60%) no boletim Observatório Fiocruz Covid-19, divulgado, nesta sexta-feira, 25. Por outro lado, a disponibilidade de vagas é considerada crítica (maior que 80%) na capital Rio de Janeiro e no Estado de Goiás.
Segundo levantamento, que se baseia em dados obtidos em 21 de setembro, o município do Rio de Janeiro atingiu uma taxa de ocupação de 86% nos leitos de UTI para covid-19, a maior do País na data analisada. Já em Goiás, o percentual chegou a 84,7%.

De acordo com a Fiocruz, a pesquisa utiliza dados do município do Rio de Janeiro porque o Estado do Rio de Janeiro é a única unidade da federação a não disponibilizar a taxa de ocupação de leitos em seu painel público de dados.

A cidade do Rio e o Estado de Goiás já apresentavam situação considerada crítica no boletim anterior, mas os percentuais se agravaram no estudo divulgado hoje. Em Goiás, o percentual era de 81,9% anteriormente e subiu 2,8 pontos percentuais. Já no Rio de Janeiro, havia ocupação de 82%, que aumentou 4 pontos percentuais.

O boletim traz pela primeira vez todos os Estados da Região Norte na classificação de risco baixo, com menos de 60% de ocupação dos leitos de UTI. No Nordeste, apenas Pernambuco (66%) e Ceará (62,1%) estão na classificação amarela (de 60% a 80%), e os demais Estados, na verde.

Também receberam alerta intermediário Mato Grosso (60,5%), Distrito Federal (75,8%), Minas Gerais (63,9%), Espírito Santo (66,3%), Paraná (71,3%) e Rio Grande do Sul (71,7%). São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul foram classificados como alerta baixo.

Apesar de o risco ser considerado baixo em 17 estados, a pesquisadora pondera: “Não estamos em uma zona de conforto. Entramos em uma fase de convivência com a covid-19, em que algumas flexibilizações excessivas podem levar a aumentos substantivos”.  

Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
TOP 10
Confira as 10 mais tocadas dessa semana
áudios
Jornal do Meio Dia - 26.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 26.10.2020
Projeto de pesquisa da Unifimes quer fazer diagnóstico da cadeia láctea da região para melhorar atividade leiteira
Jornal do Meio Dia - 24.10.2020
Cufa de Mineiros realiza hoje a entrega de chips de celular e produtos alimentícios para famílias carentes
Jornal do Meio Dia - 23.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 22.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 22.10.2020
Base da 6ª Companhia do Batalhão Rural de Goiás será inaugurada em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 21.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 20.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 17.10.2020
Inscrições para CNH Social terminam amanhã em Goiás, presidente do Detran comente o assunto no Jornal do Meio Dia.
Jornal do Meio Dia - 16.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.10.2020
Cartório Eleitoral de Mineiros convoca o público para trabalhar de mesário nas Eleições
Jornal do Meio Dia - 14.10.2020
Alexandre Garcia
Anterior Proximo