Thu, 13 de Aug de 2020

Anvisa libera testes de vacina chinesa contra o novo coronavírus. ⠀

O pedido de liberação, feito pelo Instituto Butantan, foi anunciado pelo governador de São Paulo, João Doria, no dia 11 de junho. Em nota, a Anvisa diz que os testes devem ser desenvolvidos em diferentes locais do Brasil.

04/07/2020 13h40
MSN

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira, 3, a realização de testes da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac. O pedido de liberação, feito pelo Instituto Butantan, foi anunciado pelo governador de São Paulo, João Doria, no dia 11 de junho. Em nota, a Anvisa diz que os testes devem ser desenvolvidos em diferentes locais do Brasil.

A vacina CoronaVac, produzida a partir de cepas inativadas do novo coronavírus, está na terceira fase de testes, quando a vacina já pode ser administrada a um número maior de pessoas. O estudo clínico envolverá 9 mil voluntários distribuídos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, além do Distrito Federal. Parte delas receberá a vacina e outro grupo deve receber um placebo, sem efeito. O objetivo é verificar se há o estímulo à produção de anticorpos para proteção contra o vírus.

A Anvisa afirma que os estudos da primeira e segunda fases, realizados em humanos saudáveis e em animais, mostraram segurança e capacidade de provocar resposta imune “favoráveis”.

Na segunda-feira, 29, o Instituto Butantan disse que, após o aval da Anvisa, o programa de testagem ainda terá de passar por um conselho ético que vai validar a metodologia da testagem em humanos. Segundo a assessoria do instituto, a validação poderá ser feita pelo Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), ligada ao Ministério da Saúde, ou pela Comissão de Ética para Análise de Projetos de Pesquisa (CAPPesq), que é vinculada à Secretaria Estadual da Saúde.

O custo da testagem é estimado em R$ 85 milhões e prevê a transferência de tecnologia para que a vacina chinesa possa ser produzida no Brasil. Esta é a segunda vacina a receber autorização para testes no País. Em junho, a Anvisa liberou a realização de ensaios clínicos de uma vacina produzida na Universidade de Oxford, na Inglaterra.

A versão impressa do Jornal Verde Vale é veiculada às sextas-feiras. Para quem não conseguiu garantir a leitura no fim de semana ou deseja indicar o conteúdo a outras pessoas, é disponibilizada a versão on-line, sempre na terça-feira seguinte a publicação.

Anterior Proximo
Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
Enquete
Ver Resultado
áudios
Jornal do Meio Dia - 12.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 12.08.2020
Índice de vacinação contra febre aftosa chegou a 98,56% em Mineiros, aponta relatório final
Jornal do Meio Dia - 11.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 11.08.2020
Diretoria do Mineiros Esporte Clube (MEC) descarta participação no Campeonato Goiano da Terceira Divisão neste ano
Jornal do Meio Dia - 10.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 10.08.2020
Após Ação Civil Pública, Famp comunica a suspensão do retorno das aulas presenciais
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Faeg entra com ação direta de inconstitucionalidade em prol do produtor rural
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Após impasse entre Obras Sociais da Diocese de Jataí e a Prefeitura de Mineiros, funcionários das creches filantrópicas recebem salários atrasados hoje
Jornal do Meio Dia - 06.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 05.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 05.08.2020
Projeto do Executivo Municipal que altera regras do MineirosPrev deve ser votado na próxima terça-feira
Jornal do Meio Dia - 04.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 04.08.2020
Colheita da segunda safra de milho em Mineiros já atinge 80%, diz diretor do Sindicato Rural de Mineiros
Jornal do Meio Dia - 30.06.2020
Alexandre Garcia
Anterior Proximo