Mon, 26 de Oct de 2020

Gestão Temer deve agilizar venda da Celg

Governo de Goiás espera que a gestão do presidente em exercício, Michel Temer, priorize a retomada do processo de privatização da Celg

16/05/2016 15h10
Brasil 247

O governo de Goiás espera que a gestão do presidente em exercício, Michel Temer, priorize a retomada do processo de privatização da Celg. O ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, afirmou ao jornal O Estado de S.Paulo que a ordem de Temer é “privatizar ou conceder tudo o que for possível na área de infraestrutura”. O governo federal intenciona recuperar com agilidade os investimentos, uma das ações previstas no plano de reequilíbrio econômico e da retomada da competitividade no país.

Em entrevista concedida a Associação Goiana dos Municípios (AGM), Marconi discorreu sobre a necessidade da retomada do processo de privatização da Celg para retomar investimentos e melhorar o sistema de energia ofertado ao cidadão. Disse que seria absolutamente insensato se houvesse por parte do governo federal qualquer interrupção do curso do processo de privatização.

"O que as pessoas querem é serviço de qualidade, energia de qualidade, água de qualidade, telefonia de qualidade, reguladas, fiscalizadas, saúde de qualidade”, afirmou, lembrando que a Celg é federalizada desde 2012, quando passou a ser gerida pela Eletrobras. “A Celg não é um problema de Goiás apenas. É, fundamentalmente, um problema federal. A Celg é federalizada, e ela não pode entrar em colapso, precisa ter uma solução rápida porque está tendo prejuízos, e, à medida que for privatizada, nós vamos ter dinheiro pra novos investimentos, garantindo a melhoria do sistema, a melhoria da energia que é entregue aos consumidores, e também obras que vão garantir o atendimento a novas demandas dos consumidores residenciais, comerciais, industriais e do agronegócio”, explicou.

O governador lembrou que a privatização da Celg ficou paralisada por conta do processo de impeachment de Dilma Rousseff e que agora o governo de Goiás aguarda a abertura do edital para federalização da empresa. Ressaltou que hoje tanto o governo federal como o governo estadual não têm recursos para investir na recuperação da companhia e fazer face aos investimentos necessários para atender às demandas reprimidas de consumidores residenciais, industriais e comerciais.

“Com a privatização, nós vamos ter dinheiro. Espera-se que só nos primeiros anos, pelo menos R$ 2 bilhões sejam investidos, pelos novos detentores da concessão, em obras, subestações, redes, que possam melhorar a qualidade do suprimento de energia aqui no Estado. Tudo o que tinha de ser feito na Aneel, no TCU, em todas as instâncias já foi feito. Agora, só estamos esperando o lançamento do edital. A única coisa que falta é isso. A empresa é boa, mas tem déficits mensais. Não podemos mais esperar pela privatização, sob pena da Celg entrar em colapso”, alertou.

Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
TOP 10
Confira as 10 mais tocadas dessa semana
áudios
Jornal do Meio Dia - 26.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 26.10.2020
Projeto de pesquisa da Unifimes quer fazer diagnóstico da cadeia láctea da região para melhorar atividade leiteira
Jornal do Meio Dia - 24.10.2020
Cufa de Mineiros realiza hoje a entrega de chips de celular e produtos alimentícios para famílias carentes
Jornal do Meio Dia - 23.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 22.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 22.10.2020
Base da 6ª Companhia do Batalhão Rural de Goiás será inaugurada em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 21.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 20.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 17.10.2020
Inscrições para CNH Social terminam amanhã em Goiás, presidente do Detran comente o assunto no Jornal do Meio Dia.
Jornal do Meio Dia - 16.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.10.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.10.2020
Cartório Eleitoral de Mineiros convoca o público para trabalhar de mesário nas Eleições
Jornal do Meio Dia - 14.10.2020
Alexandre Garcia
Anterior Proximo