Tue, 02 de Mar de 2021

FCF acata sugestão da CBF e propõe dimensão padrão Fifa para os gramados do Cearense de 2016

Confederação Brasileira de Futebol exige para as disputas das Séries A e B um gramado com dimensões de 105 por 68 metros

Após a reforma para sediar alguns jogos da Copa do Mundo de 2014, o gramado do Castelão adotou as dimensões do 'padrão Fifa' ( Foto: Arquivo Diário )
A Federação Cearense de Futebol (FCF) resolveu aplicar uma exigência feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) relacionada aos gramados dos estádios dos times que disputarão as Séries A e B do Campeonato Brasileiro de 2016. Por intermédio de seu Projeto Gramados, a CBF resolveu exigir dos clubes que os campos onde mandam seus jogos possuam uma dimensão 'padrão Fifa'. Os palcos dos jogos, segundo a entidade nacional, agora devem ter 105 por 68 metros.

A FCF, então, resolveu sugerir para os clubes cearenses que adotem tais medidas. Para o Ceará, em particular, pois disputa a Série B do nacional, a medida adotada pela entidade estadual ajuda a 'acostumar' o Vovô com a nova padronização dos campos pelo Brasil. De acordo com o zagueiro Charles, a padronização facilitará o trabalho dos jogadores. "Com certeza, conforme muda o campo, o tamanho, temos que nos adaptar o mais rápido possível. Cada grama, marcação, tamanho, é diferente e pode atrapalhar o jogador. Essa padronização é importante e esperamos que consigam, para todos os campos ficarem parecidos. Facilitará para nós jogadores", disse.

Até a próxima sexta-feira (15), a FCF promete vistoriar todos os dez estádios que farão parte do Campeonato Cearense de 2016. Por ora, de acordo com informações da assessoria de imprensa da entidade, todas as praças esportivas da primeira divisão do estadual estão com seus gramados dentro dos limites estabelecidos pela Fifa. O Castelão, estádio mais importante do Estado, por exemplo, já possui gramado com dimensões dentro do que pede a CBF, 108 por 65 metros.

Investimento

A CBF investiu cerca de 2,2 milhões de reais no seu Projeto Gramados, que pretende padronizar os pisos de 43 estádios pelo Brasil. O dinheiro, informa a entidade nacional, saiu de um fundo criado pela Fifa, como parte do legado deixado pela entidade nos países que sediam uma Copa do Mundo.

Entre agosto e novembro de 2015, a CBF enviou diversos profissionais, como agrônomos e engenheiros, que estudaram e analisaram as dimensões e o estado dos gramados de alguns estádios do País. De acordo com os resultados das análises, serão feitas as reformas e mudanças necessárias. Todas as despesas serão arcadas pela entidade nacional.  (Diário do Nordeste)

Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
TOP 10
Confira as 10 mais tocadas dessa semana
áudios
Jornal do Meio Dia - 01.03.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 27.02.2021
Covid-19: Secretária de Saúde fala sobre início de vacinação em idosos acima de 80 anos
Jornal do Meio Dia - 26.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 26.02.2021
Presidente da Acim, André Felipe Dotto, pede que população pare de aglomerar
Jornal do Meio Dia - 25.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 24.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 24.02.2021
Secretária de saúde, Rosângela Resende fala sobre a segunda onda do Covid em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 23.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 23.02.2021
Deputado José Mário Scheirener te torna vice líder do governo na Câmara
Jornal do Meio Dia - 22.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 17.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 16.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 16.02.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.02.2021
Idosos acima de 84 anos começam a receber vacina contra a Covid-19 em Mineiros
Anterior Proximo